Raia Drogasil registra uma queda de 14% em suas receitas no primeiro trimestre – Imã de geladeira e Gráfica Mavicle-Promo

Medicamentos Isentos de Prescrição foram destacados do período

O grupo RD (Raia Drogasil) contabilizou, no primeiro trimestre de 2019, o lucro líquido de R$ 93,9 milhões, uma queda de 14,2% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando havia registrado r$ 109,5 milhões. Já as vendas líquidas de bens e serviços, na mesma base, avançou 15,1%, passando de R$ 3,43 milhões para R$ 3,95 milhões de dólares. Os números seguem a norma contábil IFRS 16.

No período, foram encerradas 14 lojas, das quais quatro se encontravam em processo de amadurecimento e que representam erros de funcionamento normais para uma expansão em grande escala. Cinco foram as lojas mais antigo, o resultado da otimização da carteira, com a expectativa positiva de retorno associada à transferência e cinco foram as lojas Farmasil, que não puderam ser convertidos para um formato novo, com a maior área de vendas. No entanto, a participação de mercado nacional da Raia Drogasil atingiu 12,7% no trimestre, um aumento de 1,1 ponto percentual em comparação ao mesmo período do ano anterior. São Paulo é o principal, com uma participação de 24,4% e um aumento de 1,0 ponto percentual.

Os Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs) foram destaques do trimestre na Raia Drogasil, com um crescimento de 17,7% e o ganho de 0,5 ponto percentual de participação no mix de vendas. Já os itens de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPC) cresceram 14,1% no trimestre, perdendo 0,1 ponto percentual de participação em uma variedade de vendas; os Genéricos cresceram 13,6%, perdendo 0,1 ponto percentual na mistura; e os Medicamentos de Marca, receberam um aumento de 13,4% e perdeu 0,4 ponto percentual no mix de vendas.

Alguns resultados da Raia Drogasil no primeiro trimestre

“Lojas: 1.873 unidades em operação (abertura de 62 lojas e 14 travas)” Market share (varejo): aumento de 1,1 ponto percentual, com o aumento de 1,0 em São Paulo” Receita bruta: us $ 4,2 bilhões, um crescimento de 15,3% (1,9% para lojas maduras no varejo)” Margem bruta: 28,0% da receita bruta, uma contração de 0,5 ponto percentual” EBITDA: R$ 270,1 milhões, margem de 6,5%, uma retração de 1,1 ponto percentual” Lucro Líquido: r $ 105,5 milhões, com uma margem líquida de 2,5%” Fluxo de caixa: caixa livre negativo de R$ 210,5 milhões, o consumo total de R$ 202,9 milhões

Fonte: Guia da Farmácia
Foto: divulgação

O lucro líquido da Hypera crescer 7,1% no primeiro trimestre

Compartilhar:

Fonte: guiadafarmacia.com.br/raia-drogasil-registra-queda-de-14-por-cento-em-benefícios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *