A Diabetes mellitus (dm) tipo 2: Novo Nordisk, apresenta-se um novo medicamento, o Ímã de geladeira e o Gráfico de Mavicle-Promo

Segundo a empresa, esta é a forma mais eficaz para reduzir os níveis de glicose no sangue e o peso de seu corpo

Desde o passado mês de maio, Novo Nordisk passou a oferecer aos semaglutida, como uma nova alternativa na busca de soluções para as barreiras com que se deparam os doentes com diabetes mellitus (dm) tipo 2 (DM2).

O projeto da estrutura, que se pôs em marcha com o nome da marca Ozempic®, o qual é conhecido pelos médicos como um análogo do peptídeo humano é muito semelhante ao glucagon (GLP-1). Faz parte de uma nova classe de medicamentos que atua no conjunto da dieta e do exercício físico no tratamento de pacientes adultos com diabetes mellitus (dm) tipo 2, que não é adequadamente controlada, os níveis de glicose no sangue continua a ser muito alta. Entre os análogos de GLP-1 e dos já existentes, e por autorizados os pacientes com DM2, a semaglutida tem se mostrado como o mais forte no mundo do controle glicêmico e da perda de peso, e com o benefício adicional de reduzir o risco cardiovascular, e tudo isso com a vantagem de que se trata de uma aplicação subcutânea semanal, independentemente dos horários das refeições, o que permite uma maior aderência ao tratamento.

Veja Mais

No Mercado deEurofarma, adquire Medipharm, e reforça a presença no Chilede Saúdede Vitamina D, os estudos indicam que o creme de proteção solar, sem prejuízo de a produção eo Mercado daPanvel, que se abre, com mais de 200 postos de trabalho

A nova medicina é uma publicação da Novo Nordisk, empresa global de saúde, com mais de 95 anos de idade, em que a inovação e a liderança no tratamento da diabetes em todo o mundo.

O novo aliado dos pacientes com diabetes mellitus tipo 2.

Em Portugal, cerca de 70% dos pacientes com DM2 têm dificuldades na hora de controlar o nível de hemoglobina glicada abaixo de 7%. Além disso, as doenças cardiovasculares são a primeira causa de morte em pacientes com diabetes mellitus (dm) tipo 2. Neste caso, é o de poder oferecer aos pacientes uma ferramenta como a semaglutida, é um privilégio enorme. Sabemos que se trata de um ponto de não retorno, e que pode afetar de forma positiva a centenas de milhares de pessoas”, disse o diretor médico da Novo Nordisk, Um Olim de Andrade Mattar.

Segundo ela, o uso da semaglutida, que têm promovido uma maior redução do nível de glicose no sangue, em todos os estudos comparativos. “A semaglutida levou a que um percentual elevado de pacientes, na linha de meta glicêmica de 7% da hemoglobina glicada: 79% dos pacientes que chegaram a este destino é recomendado pelos médicos. Do ponto de vista de seu peso corporal, e com um controle que é essencial para o tratamento da DM2, o medicamento que demonstrou uma perda de peso da parte superior, de forma sustentada, chegando a uma redução no número médio de 6,5 quilos, mais do dobro do visto com outros fármacos da mesma classe. Por último, nos demos conta de que uma redução de 26% no risco de eventos cardiovasculares (morte cardiovascular, infarto não fatal e AVC não fatal), em que se indica que o benefício cardiovascular”, aponta a diretora.

Fonte: Guia dos medicamentos.

Foto: Shutterstock

A Plataforma de la Roche, mostra o ponto de venda de medicamentos

Compartilhar:

Fonte: guiadafarmacia.com.br/diabetes-tipo-2 e-de novo-nordisk-apresenta-novo-medicina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *